Cogumelo do Brasil brilha à noite e os insectos vão até lá

March 25, 2015

À noite, um verde fluorescente tinge o solo da mata dos cocais nos estados de Piauí, Maranhão, Tocantins e Goiás, no Centro e Norte do Brasil. O flor-de-coco, um cogumelo que cresce na base de palmeiras, brilha mostrando a sua bioluminescência. Os biólogos conhecem este fenómeno em organismos como os pirilampos ou em certas medusas. Há ainda 91 espécies de fungos, incluindo o flor-de-coco, que também produzem luz fluorescente. Doze deles no Brasil. Mas a sua função nos fungos tem-se mantido desconhecida. Agora, uma equipa de cientistas do Brasil e dos Estados Unidos mostrou que este fenómeno pode servir para atrair os insectos até ao flor-de-coco. O objectivo, defende a equipa, é os insectos transportarem esporos deste cogumelo para germinarem noutros lugares, conclui um artigo publicado esta quinta-feira na revista científica Current Biology. A mata dos cocais é um tipo de floresta com espécies de coqueiros e palmeiras, situada entre a floresta amazónica e a caatinga, um ecossistema mais seco do Nordeste brasileiro. O cogumelo flor-de-coco, cujo nome em latim é Neonothopanus gardneri, surge nos cocais na base das palmeiras da espécie Orbignya phalerata.

 

 

Share on Facebook
Share on Twitter
Please reload

  • Facebook Clean Grey
  • Twitter Clean Grey