Larva brilhante e raríssima é descoberta por cientistas em SP


O primeiro organismo terrestre com bioluminescência azul da América Latina foi descoberto por pesquisadores de Iporanga, no interior de São Paulo. A 'larva iluminada' foi encontrada por biólogos do Instituto de Pesquisas da Biodiversidade–IPBio, na Reserva Betary, coração da Mata Atlântica no Vale do Ribeira.

  • Facebook Clean Grey
  • Twitter Clean Grey