Montadoras vs. libélulas

November 5, 2000

 Quem poderia supor que minúsculos ovos de libélula pudessem ser problema para a poderosa indústria automobilística? No entanto, depois de uma revoada de libélulas é prática comum nos pátios das montadoras esguichar água sobre os carros. Poucos entendiam por quê, mas o fato é que os ovos desses insetos aquáticos deixam manchas irreversíveis na pintura dos carros. Recentemente, um estudo de Etelvino Bechara e Cassius Vinicius Stevani, do Departamento de Bioquímica do Instituto de Química da Universidade de São Paulo (USP), revelou que o dano é químico: em contato com a lataria quente do carro exposto ao sol, os ovos de libélula produzem um ácido forte, semelhante ao sulfúrico, capaz de corroer a camada protetora da pintura. Em novembro último, esse estudo ganhou o Prêmio Abrafati (da Associação Brasileira de Fabricantes de Tintas).

Share on Facebook
Share on Twitter
Please reload

  • Facebook Clean Grey
  • Twitter Clean Grey